sábado, 13 de fevereiro de 2016

Algumas Mentiras dos Filmes Pornográficos



Com a popularização da internet os vídeos eróticos ficaram cada vez mais acessíveis o que causou com que muitos jovens acabem levando um pouco a sério demais aquelas cenas e esquecem de que por trás das câmeras existe toda uma preparação. 

Nesse post selecionei os maiores enganos das pessoas em relação ao sexo gerado pelos vídeos pornográficos. 

Uma das coisas mais presentes nos filmes e vídeos eróticos, com exceção dos vídeos fetiche é claro, é que na grande maioria todos estão completamente lisos, não resta um pentelho pra contar história, mas isso é bem diferente na vida real, onde isso pode não ser tão comum... 


Sexo a qualquer hora! Em filmes pornôs o ato sexual pode acontecer em qualquer momento em todas as posições possíveis, o que não é uma verdade na vida real, onde as pessoas geralmente se sentem mais confortáveis se tomarem banho antes, além é claro de outras preparações necessárias para o sexo anal, por exemplo.


Nem sempre a mulher vai chegar ao clímax apenas com a penetração, diferentemente dos filmes pornôs onde isso sempre ocorre, na vida real pode ser necessário recorrer a outros métodos. 


Sexo anal simples, esse é um dos maiores enganos que os filmes eróticos causam, onde os caras muitas vezes esquecessem de que é necessário se preparar, além é claro do uso de muito lubrificante. Tanto é que muitas das mulheres que aceitaram praticar disseram que acharam o ato muito dolorido. 



Nos filmes e vídeos eróticos quase não existe tempo para preliminares, mas na real esse é um dos pontos mais importantes para o casal especialmente para a moça. 



Nos filmes pornôs é comum os atores fazerem um número absurdo de posições em uma única cena, algo que não é muito comum no sexo real, vale lembrar que os atores treinam para isso, então vale a penas ficar mudando a cada dois minutos pra tentar acompanhar o vídeo.


Mulheres têm estrias e homens barriguinha, não se iluda com o corpo perfeito dos atores e atrizes pornôs, além deles viverem disso eles têm acesso a maquiadores profissionais, então nada de se iludir procurando o “corpo perfeito”.


Nos pornôs gays quase sempre o ativo é o cara mais alto e mais forte enquanto o papel de passivo quase sempre sobra pro mais novo ou mais baixinho, o que nem sempre é uma verdade.


Mulher não geme o tempo inteiro, essa cena é muito comum nos filmes pornôs, a gata quase berrando enquanto o cara mal tocou nela, esquece isso a chance de isso acontecer na realidade é baixa e se acontecer provavelmente vai ser um pouco... Constrangedor. 


No pornô lésbico é comum atrizes com lindas unhas grandes e vermelhas, cheias de bactérias e prontas para ferir à zona intima da amiga... Logicamente lésbicas mantém suas unhas aparadas por motivos óbvios.



Esses são só alguns equívocos cometidos por gente que está acostumada com esse tipo de conteúdo, o grande problema acaba ficando por conta de exigir que o parceiro atenda a essas expectativas irreais, o que pode acabar levando ao esfriamento da relação.