quinta-feira, 30 de março de 2017

Poema: Amor



Eu trabalho
Trabalho para não ter tempo
Trabalho para reclamar do cansaço
Trabalho pra pagar o carro

Eu dirijo
Dirijo para me estressar durante a viagem
Eu dirijo para ir para o trabalho

Eu choro
Eu choro para me aliviar
Eu choro para me isolar
Eu choro para acreditar que ainda sinto

Eu sorrio
Eu sorrio parra disfarçar
Eu sorrio para demonstrar
Eu sorrio porque, no fim, é só o que faz valer a pena

Eu amo
Eu amo porque é o que importa
Eu amo porque é o amor quem abre a porta
Eu amo porque foi o que meus pais me ensinaram
Eu amo porque eu gosto

Eu beijo
Eu beijo porque eu posso
Eu beijo porque você é lindo
E gosto de te ver sorrindo

Eu vejo
Eu vejo que te desejo
E vejo que te conheço
Quero-te comigo
Porque no fim, tudo o que importa pra mim, é teu sorriso.