sábado, 11 de março de 2017

Poema: Desrealizado





Eu tive uma visão
Era linda a introspecção
Olhar por uma janela pra dentro de mim
Parecia não ter fim

Andava pela cidade
Rodeado por ninguém
Tentaram me chamar
Mas eu permaneci no além

O tempo parece irreal
E eu distraído
Mas na verdade eu te vejo
Apenas não ligo

Não ligo pra você
Não ligo pra mim
Não ligo pra deus
Nem pro querubim

Essa é a realidade
Eu não ligo pra verdade
Só quero ficar sozinho
Seguindo meu caminho